fbpx

Código de Ética: O que um nutricionista pode e não pode postar nas redes sociais?

Saiba como se divulgar de forma ética e se tornar o nutricionista mais visto da sua cidade

Oi Nutri,

Antes de começar esse artigo quero te fazer uma pergunta: Você já leu nosso Código de Ética e Conduta? Recentemente fiz uma enquete nas Redes Sociais e 66% responderam que não leram. Se você está dentro desse grupo, recomendo fortemente que inclua a leitura nas suas prioridades. É seu dever ler este documento porque ele é importantíssimo para a sua atuação profissional.

O Código de Ética Profissional é o conjunto de normas éticas que devem ser seguidas pelos profissionais no exercício de seu trabalho. Ele não é um exclusividade da nutrição, entre os mais conhecidos no Brasil estão os de medicina, enfermagem, psicologia e dos advogados.

No nosso caso, ele foi escrito e publicado pelo Conselho Federal de Nutricionistas (CFN). A última atualização, feita no dia 25 de fevereiro de 2018, está disponível no site do CFN e em PDF.

No documento você vai encontrar todos os princípios da profissão, responsabilidades, direitos e deveres para todas as áreas da Nutrição. Dentro do Código também está descrito tudo o que é vedado ao nutricionista, ou seja, aquilo que você não pode fazer.

 

E então, o que eu não posso fazer?

Nutri, dentro de cada Capítulo você irá encontrar artigos com essa implicação, aqui vamos resumir e focar na parte de divulgação:

 

❌ Antes e depois, nem sua, nem do cliente.

Mesmo sendo tão disseminado, nosso Código de Ética reprova esse tipo de publicação. O artigo 58 diz: É vedado ao nutricionista MESMO COM AUTORIZAÇÃO divulgar imagem corporal de si e de terceiros. 

O CFN justifica que não podemos atribuir o mesmo resultado para todos pacientes. Nesse ponto, eu acrescentaria que há risco de gerar frustração e culto excessivo ao corpo, por parte dos outros pacientes. 

Essa preocupação não se limita a nossa profissão, ela também se aplica às outras profissões da saúde e inclusive é um recomendação do Código de Desefa do Consumidor, por isso o gerenciador de anúncios não aprova nenhum conteúdo que tenha esse apelo.

 

Prometer resultados prescrição online ou em postagens

Além do antes e depois, nenhuma forma de promessa, por mais sutil que seja, é permitida. O mesmo vale para prescrição, seja ela individual, em postagens ou em grupos de desafio.

 

❌ Sorteio de serviços de Nutrição

Sorteios também são muito populares nas redes sociais e você provavelmente já foi convidada ou ficou tentada a promover. Porém o Art. 57 diz: É vedado ao nutricionista utilizar o valor de seus honorários, promoções e sorteios de procedimentos ou serviços como forma de publicidade e propaganda para si ou para seu local de trabalho. 

Em outras palavras, você não pode sortear consulta, vaga nos seus grupos, orientação, avaliação, personal diet e NENHUM serviço seu. O que você pode fazer, é sortear cesta de frutas, e-books, livro de receitas…

Porém Nutri, se você está pensando em usar essa estratégia para atrair mais seguidores, tenho minhas ressalvas. Esse é um público frio que não se conecta com o seu conteúdo e dificilmente você irá convertê-los em pacientes.

 

Promoção de valor de consulta e pacote

É comum ver muitas nutricionistas postando promoções: 2 consultas pelo preço de uma, pacotes de consultório com X% de desconto, passe na consulta e ganhe um doce fit etc. 

É sempre muito importante frisar que somos profissionais da saúde e não devemos banalizar nossa profissão, por 3 motivos:

  1. O Código de Ética e Conduta dos Nutricionistas proíbe veementemente fazer promoções, de acordo com o Art. 57. O CRN encara isso como concorrência desleal com os colegas. 
  2. Quem pagou o preço cheio se sente passado para trás, com o perdão da palavra, se sente “trouxa”. A pessoa pensa: Por que eu paguei X pela consulta e agora está com desconto? 
  3. Do ponto de vista do marketing, você está desvalorizando o seu serviço, mostrando para seu público que sua consulta não vale o valor que você cobrava ou que caiu a qualidade. 

Então, nutri, não faça promoções da sua consulta em nenhuma época do ano. Mostre seu valor, mostre seus diferenciais e as vantagens do seu trabalho. Se você tem dificuldade com isso, procure participar da próxima turma do curso Consultório Smart, nele você aprende a se posicionar como referência em nutrição na sua cidade e a atrair e fidelizar clientes. Combinado?

 

Tirar foto dos produtos que ganhou do representante

De acordo com o Código de Ética e Conduta dos Nutricionistas, o ideal é colocar as especificações do alimento ou suplemento, para que o cliente encontre a marca de sua preferência.

Em rede social, nunca indique marca. No consultório, se realmente houver necessidade, indique pelo menos 3. Tem casos que precisamos dar um norte para os pacientes, como no caso do Whey Protein, por exemplo, que poucas são as marcas que são “limpas” (sem carboidrato em excesso, edulcorantes e outros aditivos). Importante ressaltar que não devemos ganhar comissão e/ou nenhum tipo de recompensa de nenhuma empresa de alimentos ou lojas de produtos naturais. Nossa função é orientar o paciente a fazer as melhores escolhas dentro de suas possibilidades financeiras.

 

Associar imagem a marcas, suplementos, fitoterápicos, utensílios, laboratórios ou farmácias

Pelo mesmo motivo da divulgação de produtos, você não pode associar sua imagem a empresas como essas. 

Inclusive não é indicado que você atenda dentro de você atenda em Lojas de Produtos Naturais, nem em Farmácias de Manipulação. (Nesses posts eu explico o porquê)

 

Posts com informações sensacionalistas e exageradas

 Antes de qualquer coisa, quero te propor um juramento aqui:

“Eu, nutricionista de sucesso *fale seu nome*, me comprometo a não usar como fonte de informação para produzir os meus posts, o Instagram do coleguinha”.

Nutri, você sabe que eu sou a pessoa que mais te incentiva a postar, compartilhar conteúdo de valor com seus seguidores. No entanto, precisamos ter um equilíbrio com as informações que vamos postar. Elas não podem de forma alguma ser sensacionalistas, distorcidas ou exageradas. Elas devem gerar engajamento, curiosidade, dar algumas informações, mas ainda assim gerar desejo pela sua consulta. Eu explico como faz isso no curso Marketing para Nutricionistas, inclusive.

 

O sistema CFN/CRN não reconhece a Acupuntura como uma especialidade do Nutricionista, portanto, você não pode associar a sua profissão e divulgar atividades de acupuntura.

 

Usar nutri-coach/nutri e coach

De acordo com orientação do CRN e também do Código de Propaganda e Marketing você não pode associar duas profissões na sua divulgação. Ou seja, assim como não pode usar Nutricionista e Coach, você também não poderia usar Nutricionista e Psicóloga, por exemplo. 

Caso você tenha a formação e queira destacá-la no seu perfil, você pode listar a formação: Nutrition Coaching. Outra opção é divulgar que usa ferramentas de coaching na sua consulta.

 

E o que posso fazer?

Calma Nutri, antes de continuar, queria te lembrar que o CRN não te odeia. Existem muitas ações que você pode fazer:

✔️ Postar depoimentos, desde que não exponham resultado

Você pode pedir para seus pacientes enviarem vídeos ao fim do tratamento ou compartilhar mensagens e posts deles, desde que tenha a autorização deles, de preferência por escrito. O conteúdo deve ser focado na experiência deles na consulta, no impacto que teve na vida deles, não em resultados, ok?

✔️ Tirar dúvidas de clientes online e por telefone

Não só pode, como deve manter contato com seus clientes entre as consultas. Dica: Reserve um horário na sua agenda para enviar uma mensagem para seu cliente. Busque  saber como estão, os sentimentos, se estão cumprindo metas etc. Assim a qualquer sinalzinho de desmotivação, você já consegue intervir na hora. Se for preciso aplique uma ferramenta, faça uma videoconferência ou adiante a consulta.

✔️ Orientação nutricional e acompanhamento podem ser à distância

Antes da quarentena, o Art. 36 do nosso Código de Ética e Conduta, já dizia em um parágrafo único: “Orientação nutricional e acompanhamento podem ser realizados de forma não presencial”. Quando falamos em “não presencial” abre brecha para o atendimento online. Então… com muito cuidado, digo que SIM você pode fazer um ACOMPANHAMENTO online. Com o distanciamento social o cenário mudou e, sinceramente, não sei como será quando tudo isso acabar. 

Temos um artigo muito completo sobre como conduzir e agir neste período que pode te ajudar neste momento.

✔️ Usar o termo de tratamento “Doutor”, embora não seja obrigatório

Muitos nutricionistas usam o termo “doutor(a)” antes do nome e, dentro de equipes multiprofissionais, já vi muita polêmica em torno disso. Afinal de contas, na nossa cultura os únicos doutores sempre foram os médicos e advogados.

A verdade é que o nutricionista pode usar o título de doutor sim, conforme a Decisão nº 01/1987, do Conselho Federal de Nutricionistas, e orientados pelo Conselhos Regionais. Inclusive, ao enviar um e-mail para o CRN ou ir até uma delegacia, você perceberá que é assim que eles nos tratam.

No entanto, o CFN recomenda o uso, mas não obriga, ficando facultativo o profissional usar ou não.

 

Minha opinião?

Eu já usei assim que me formei, mas com o tempo fui deixando de usar. Eu, Marianne, prefiro deixar o título para aquelas pessoas que realmente fizeram o doutorado e o receberam por competência.

Como disse, essa é a minha opinião como profissional. Estou dividindo com você a minha prática profissional. Não recrimino e nem sou contra a quem usa o título do doutor. Até porque é respaldado pelo CFN. Certo?

✔️ Orientar benefícios e propriedades de alimentos, sem manifestar preferência por uma marca

Esses posts são ótimos para passar informação para o seu público.

É fundamental você saber passar uma informação técnico, com uma linguagem claro e simples para o seu leitor. Lembre-se que ele não é um pHD em Biologia e não vai entender uma vírgula sequer do seu texto se você falar nutricionês com ele.

Para te ajudar, fiz aqui uma listinha de lugares para você encontrar materiais e informações de qualidade para te ajudar a construir seus posts. Mas sobretudo, lembre-se: seus posts são de sua responsabilidade.

 

Livros digitais:

 

Portais científicos:

 

Nesse caso quando usar uma dessas, ou outras fontes, você pode citá-las como fontes nas suas publicações.

✔️ Distribuir amostra de produtos, deixando claro que existem outras opções

Nutri, eu sei que você deve ter uma caixa, uma gaveta ou uma armário inteiro de amostras que recebe de representantes de váááárias marcas de suplementos e comidinhas saudáveis, porém não é recomendado pelo nosso Conselho tal prática.

O CRN alega que o cliente pode se sentir induzido a posteriormente adquirir o produto que você entregou como uma “amostra grátis”. Se ainda assim, você distribuir as amostras, deixe MUITO claro para o paciente que ele não é obrigado a fazer a aquisição do produto desta marca, aponte outras alternativas no mercado.

✔️ Fazer grupos de Whatsapp

Grupos no Whatsapp ou no Telegram são ótimas estratégias para divulgação e criam a sensação de comunidade. Mas muito importante Nutri, você não pode fazer nenhum tipo de prescrição.

Nesse vídeo sobre Grupos de Desafio eu explico melhor sobre isso:


Como se identificar nas redes sociais

A descrição da bio é pequena, mas muito poderosa. Não é a toa que ela fica no topo da tela. É aqui que seus seguidores vão encontrar as principais informações sobre o seu trabalho: Seu nome, seu CRN, seu nicho e sua missão, seu contato, um link para seu site ou conteúdos e seu endereço.

O número do CRN é seu documento de identificação como profissional. Ele garante para o seu seguidor que você é um nutricionista registrado. Por isso, é fundamental que você inclua ele na sua BIO e na assinatura de TODOS os seus posts. 

 

Título de Especialista

Pelo CRN você só pode usar o termo especialista ou “sobrenomes” somente se tiver certificação pela ASBRAN. Ou seja, Nutricionista Esportiva, Nutricionista Clínica e Nutricionista Fitoterapeuta.  Se não tiver, pode mencionar sua área de experiência: aprimorada, pós-graduada, com especialização em, com foco em etc

 

Outras dicas

  • Você pode indicar marcas, restaurantes e lojas, desde que sejam 3, pelo menos.
  • Cuidado com o fundo de onde tira suas fotos. Certifique-se que não tem nenhuma marca, produto, foto ou mensagem que infrinja as regras do CRN.
  • Quando a mensagem tratar de um alimento específico, recomenda-se incluir a frase: “seu consumo deve estar associado a uma dieta equilibrada e hábitos saudáveis”.

 

Encaminhe suas dúvidas para o CRN sem medo

Nutri, sempre que tiver QUALQUER dúvida minha recomendação é: pergunte para o seu CRN. Eu faço isso constantemente e eles sempre buscam me ajudar. Existe um receio de receber algum tipo de advertência ou pior até de perder a carteira, mas acredite não é tão fácil assim. Então, não tenha medo, entre em contato, questione, tire todas as suas dúvidas. A função do CRN é zelar pela nossa profissão.

 

Como Denunciar 

Mari e se eu quiser denunciar alguma prática ilegal? 

Neste caso você terá que procurar o CRN. O órgão é o responsável por receber e analisar denúncias contra Nutricionistas e Técnicos em Nutrição e Dietética, conforme Resolução CFN nº 321/2003.

Ao comunicar a denúncia é fundamental o envio de informações sobre o local e o endereço onde o fato ocorreu. Também, deverão ser enviadas provas (documentos, imagens ou vídeos) que comprovem a ocorrência da situação irregular. Quanto mais informações forem enviadas, melhor será a apuração dos fatos: provas frágeis e inconsistentes poderão inviabilizar a investigação, orientação e apuração dos fatos.

Cada CRN tem suas regras e formas de envio e você encontra todas essas informações em seus sites.

 

E se eu for denunciada?

Caso seja notificada pelo CRN, busque entender qual o erro identificado e seguir as recomendações do conselho. Mais importante do que não errar, é aprender com o erro e não repetí-lo.

Seguindo as orientações deste artigo, você estará fazendo sua divulgação de forma ética e efetiva, evitando esse inconveniente.

 

Outras estratégias…

Agora que você já sabe como usar as redes sociais de forma ética, quero te apresentar novas estratégias para preencher sua agenda e te tornar referência na sua cidade.

Aqui na  Amor em Nutrir, temos o Marketing para Nutricionistas, um curso online, onde você aprende a divulgar melhor o seu trabalho, tanto no mundo físico quanto no mundo online.

Você terá acesso às melhores estratégias de marketing para se destacar na sua região e atrair muitos interessados pelo seu trabalho. As estratégias apresentadas servem para qualquer tipo de serviço: atendimento em domicílio, consultório próprio ou locado, personal diet, home care etc.

Você terá acesso ao curso 24 horas por dia, para acessar quando e onde quiser, por 90 dias. São 49 aulas que ensinarão:

 

  • Definir seu público alvo
  • Como se apresentar para o seu cliente
  • Estratégias para aumentar a visibilidade na região
  • Como aumentar seguidores nas redes sociais
  • Estratégias para as redes sociais
  • Como transformar seguidores em clientes
  • Como montar seu site
  • Como criar imagens, gravar e editar vídeos
  • Como aumentar a visibilidade na sua região
  • 16 passos para fazer palestras inesquecíveis
  • Como fazer eventos presenciais
  • Como criar e gerenciar grupos de desafio online e offline
  • Estratégias de anúncios

 

As inscrições para esse curso permanecem sempre abertas! Mas o ideal é que você já comece logo, para se destacar no mercado e conquistar seus objetivos. Aproveite essa oportunidade e comece agora.

 

Com Amor em Nutrir,

Mari

outras postagens

Assine nossa lista VIP!

Deixe aqui seu e-mail e receba na sua caixa de entrada materiais exclusivos, dicas da nossa equipe e outras vantagens. Mas só para quem é da nossa lista VIP!

Cadastro realizado com sucesso!