fbpx

Como prescrever e analisar exames

Como prescrever e analisar exames

Oi, nutri.

Quando eu comecei a atender, tinha muita dificuldade em entender até onde eu poderia chegar com aquela consulta, o que eu poderia fazer… tinha tudo muito mecânico, anamnese, avaliação, plano feito e acabava aí. Mas com o tempo fui estudando, pesquisando e consegui mudar a minha consulta e acrescentar ferramentas que me ajudam a prescrever um plano alimentar melhor. Inclusive, eu fiz um vídeo contando o passo a passo da minha consulta, dá uma olhada:

 

Uma das ferramentas que aprendi foi a solicitação de exames bioquímicos, você sabia que podemos solicitá-los? Eles são utilizados por nós para que possamos avaliar melhor ainda o estado nutricional do paciente, além, disso, a solicitação dos exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico é requisito essencial. No entanto, eles devem ser usados apenas para acompanhamento e não diagnóstico, nunca peça exames que você não sabe interpretar!

Para que a sua solicitação de exame seja aceita, você deve ter todos esses itens no seu receituário: seu nome completo e número do CRN, seus dados (telefone, endereço e e-mail), nome completo do paciente, lista de todos exames (um embaixo do outro), carimbo e assinatura. Essa parte é muito importante, tenha a certeza de que todos os seus dados estejam corretos e atualizados, caso contrário o pedido não será aceito.

Está tudo certo com a sua solicitação, mas o plano de saúde não quer aceitar? Não entre em pânico, uma vez que por Lei o nutricionista está apto a solicitar exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico, com a consequente cobertura de pagamento pelos planos de saúde e essa decisão assegura que TODAS as operadoras de planos de saúde devem cobrir os exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico prescrito por nutricionistas, os pacientes podem exercer a sua cidadania exigindo seus direitos junto aos órgãos de defesa do consumidor, Ministério Público (promotoria de justiça), representações regionais da ANS ou constituindo defensores para a judicialização.

Ok, prescrevi o exame, mas agora chegou a hora da análise, o que eu faço?

Para chegar a um diagnóstico nutricional cabe a você conhecer as limitações de cada exame para que não haja margem para o erro. Lembre-se de observar interações com medicamentos, alimentares e até mesmo com outros exames para realizar uma interpretação correta dos resultados.

Compete ao nutricionista inteira responsabilidade sobre a leitura e interpretação dos resultados que estes exames oferecem, ou seja, para pedir um exame e interpretá-lo é preciso ter a certeza e o estudo necessário.

E mais uma vez reforçamos que diagnósticos médicos devem ser feitos por médicos, apenas, o nosso trabalho é avaliar os exames somente para a área nutricional.

Com tudo isso explicadinho, aqui segue uma lista dos exames que nutricionista pode pedir:

Avaliação nutricional: hemograma completo, proteínas totais, proteína ligadora de retinol, índice de creatinina-altura (ICA). Anemia: ferro, transferrina, ferritina, capacidade total de ligação do ferro.

Doenças cardiovasculares: triglicérides, colesterol total, HDL, LDL, VLDL, apoliproteína A, apolipoproteína B.

Tireoide: TSH, T4 (total e livre), T3, globulina ligadora de tiroxina (TGB). Doenças endócrinas: glicemia, teste oral de tolerância à glicose, insulina, peptídeo C, hemoglobina glicada.

Doenças renais: gasometria, uréia, creatinina, sódio, cálcio (total e iônico), potássio sérico, fósforo sérico, magnésio sérico, ácido úrico, oxalato, citrato, proteína, filtração glomerular.

Doenças hepáticas: ALT, AST, GGT, bilirrubina.

Cirurgia bariátrica e desordens: vitamina B12, ácido fólico, cálcio total, cálcio iônico, ferro, zinco, sódio, fósforo, selênio, cloro, vitamina A, vitamina C, vitamina E, vitamina K, vitamina B6, vitamina B2, vitamina D3.

Outros exames: ACTH, ADH, calcitonina, cortisol, FSH, GH, progesterona, prolactina, testosterona, amilase, amônia, beta HCG, ceruloplasmina, frutosamina, gastrina, leptina, lipase, oxalato, tempo de protrombina.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse assunto ou está começando a atender agora e precisa de mais dicas, te convido a ler o livro digital que escrevi para te ensinar todo o passo a passo para começar a atender sem ter que investir uma fortuna.

Clique aqui para comprar o e-book e dar o primeiro passo para tirar seu sonho do papel!

Com Amor em Nutrir,

Mari.

outras postagens

Enter your email to unlock this deal